March 20, 2012 / 1:47 PM / 6 years ago

ACÇÕES PORTUGAL-PSI20 contraria quedas Europa, PT e EDP suportam

LISBOA, 20 Mar (Reuters) - A bolsa portuguesa segue em ligeira alta, a contrariar a tendência negativa das bolsas europeias, com o PSI20 suportado nas subidas dos ‘pesos pesados’ Portugal Telecom e EDP-Energias de Portugal , segundo dealers.

* As principais bolsas do ‘Velho Continente’ estão a cair entre 0,58 pct e 1,21 pct, com os investidores receosos quanto ao abrandamento da economia chinesa, após notícias de que o Império do Meio está a importar menos minério de ferro e bens de consumo como automóveis de luxo.

* “A China é um dos motores do crescimento económico mundial. Várias companhias dependem do mercado chinês”, disse Richard Batty, estrategista da Standard Life Investiments.

As acções europeias estão também a ser pressionadas pela tomada de mais-valias, com os investidores a consolidarem os ganhos recentes.

“Estamos a ver algum ‘profit taking’, o índice FTSEurofirst 300 ainda está acima da barreira dos 1.100 pontos após um forte ‘rally’ e não surgiram notícias que o façam andar para a frente”, referiu Joe Rundle, ‘head of trading’ da ETX Capital.

“Está a ‘lutar’ para segurar os ganhos recentes. Os nossos clientes querem agora ‘shortar’. Se houver uma melhoria nos dados da construção de casas novas nos EUA (esta tarde), isso talvez dê um impulso em alta”, acrescentou.

* Os dados da construção de casas novas nos EUA, divulgados ao início da tarde, não ajudaram. As novas habitações ascenderam a 698 mil, em Fevereiro, abaixo da previsão média que apontava para 700 mil.

Este indicador trouxe de volta os receios em relação ao crescimento da economia dos EUA e à retoma global. Em consequência, os futuros do Dow Jones e e do Nasdaq seguem a cair, respectivamente, 0,49 pct e 0,51 pct.

* A moeda única europeia segue a desvalorizar 0,31 pct para 1,3194 dólares face à moeda norte-americana.

* Em Portugal, o índice de referência PSI20 ganha 0,28 pct para 5625,27 pontos, com 11 títulos em alta, oito em queda e um estável, tendo sido negociados 26,7 milhões de títulos, no valor de 28,4 milhões de euros (ME), na NYSE Euronext Lisbon.

* Os analistas técnicos do BPI apontam o próximo nível de resistência do PSI20 nos 5.667 pontos e aconselham uma postura compradora já que “está a acentuar-se o interesse comprador de curto prazo”.

* A puxar pelo índice, as acções da Portugal Telecom ganham 1,6 pct para 4,003 euros, mantendo a tendência de recuperação técnica após as quedas da semana passada.

A maior telecom de Portugal apresenta resultados anuais no dia 30 e o mercado aguarda a definição da sua política de dividendos, com os analistas divididos em relação a se a PT conseguirá manter a sua generosa política de remuneração accionista.

* Também a dar energia ao PSI20, a EDP-Energias de Portugal valoriza 1,28 pct para 2,224 euros, a recuperar das descidas das últimas sessões.

* A Galp Energia perde 0,67 pct para 13,41 euros, enquanto a Jerónimo Martins recua 0,07 pct para 14,3 euros e a EDP Renováveis desvaloriza 0,65 pct para 3,845 euros.

* Na banca, O BPI recua 0,51 pct para 0,51 euros e o Banco Espírito Santo cede 1,02 pct para 1,451 euros, enquanto o Millennium bcp segue estável em 0,154 euros.

Por sua vez, o Espírito Santo Financial Group ganha 0,54 pct para 5,57 euros, na sua segunda sessão como membro do PSI20.

* No mercado secundário de dívida soberana, as taxas de juro das Obrigações do Tesouro (OT) a dez anos em Itália e Espanha sobem ligeiramente para 4,88 pct e 5,2 pct, respectivamente.

Em Portugal, o prémio que os investidores exigem para deter OT a 10 anos alivia para 13,364 pct, de 13,78 pct.

Amanhã, Portugal volta ao mercado primário de dívida pública, com um leilão de entre 1.500-2.000 ME em Bilhetes de Tesouro (BT) a quatro e 12 meses.

* Os preços do petróleo seguem em queda nos mercados internacionais, com a subida do preço da gasolina na China a fazer temer uma quebra na procura no segundo maior consumidor do ‘ouro negro’ do mundo.

O contrato do Brent para entrega em Maio recua 0,77 pct para 123,50 dólares e do Nymex para entrega em Abril cai 1,56 pct para 106,40 dólares o barril.

Por Filipe Alves; Editado por Filipa Cunha Lima

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below